AllMusic faz seu review do “CAMILA”.

17 jan 2018

O álbum de estreia da cantora Camila Cabello, auto intitulado Camila, é produzido calorosamente com um pop romântico, pontuado com uma infeccção latina rítmica que vem de sua descendência cubana. Notavelmente, Camila vem de dois anos difíceis depois da saída de Cabello do grupo pop Fifth Harmony. Enquanto sua saúda teve algumas preocupações (ela era uma diva que só pensava em si mesma? Ou apenas uma cantora com uma abundância de personalidade e criatividade?), os lançamentos de vários singles antes do álbum, mais notavelmente “Havana” (feat. Young Thug), trouxe o público ao seu favor. Supostamente, a reação era tão favorável que causou um atraso no lançamento do álbum de Cabello (que nasceu em Cuba e foi criada em Miami) e de seus produtores (Frank Dukes, Jarami, Skrillex e outros), adicionando músicas que refletissem a vibe latina de “Havana“. Qualquer que fosse o caso, funcionou, e as outras faixas latinas, incluindo a quente “She Loves Control” e a percussiva “Inside Out“, onde Cabello canta brevemente em espanhol. Junto com a mencionada anteriormente “Havana“, essas são facilmente as faixas mais potentes do álbum, e mostra a voz ressonante de Cabello e também seu carisma. Reconhecidamente, o álbum fica mais pesado nas baladas com guitarra acústica que trabalham contra a vibração e o momentum das faixas latinas. Ainda sim, o hino R&B “All These Years” e “Consequences” são emocionalmente ressonantes, letras que ficam com você. Também tem um momento eufórico em “Never Be The Same“, com o falsete antes do refrão e uma sample afro-cubana. Igualmente envolvente é “Into It“, onde Cabello diz “Adicione as coisas que quero fazer com você, é infitino/Quer dizer, se você estiver afim.” Com faixas contagiantes como “Into It” e “Havana“, é difícil imaginar até o mais devoto fã de Fifth Harmony não ficando afim. E por último, Camila é um álbum de estreia refrescante que faz com que Cabello voe para a liberdade pop com músicas que são como se nascessem de suas experiências de vida e ponto de vista artístico.

Nota: 7/10

Fonte: All Music

Tradução/Adaptação: Equipe CCBR

Comments

comments

COMENTÁRIOS